Empresas pet apostam em produtos parecidos aos dos humanos

21 de agosto de 2019

Por:


Humanização dos animais de estimação e forte presença deles nos lares brasileiros aquece setor. Feira movimenta o mercado esta semana


Compartilhe:

Produto contra mau hálito, móvel personalizado, capa de chuva, jaqueta jeans… Soa familiar?

São itens presentes na casa de todos os brasileiros. No entanto, agora eles invadem também o cantinho dos pets.

Segundo o Instituto Pet Brasil, o país tem atualmente quase 140 milhões de pets. Isso significa mais de um animal de estimação para cada dois habitantes.

Eles conquistaram os lares brasileiros e são vistos por muita gente como parte da família. Dessa forma, surge a preocupação do mercado em criar produtos que permitam um cuidado personalizado para cada um.

Começou nesta quarta (21), a mais importante feira de negócios da América Latina dos segmentos pet e veterinário. Trata-se da PET South America, que reúne os principais players do setor para apresentar as inovações da área.

Tem snack vegano, shampoo com ingredientes naturais, cadeirinha para uso em carro e bike, colchão ortopédico… Tudo pensado para o bem-estar do animal. E, consequentemente, do dono, cada vez mais exigente quando o assunto é bicho de estimação.

Abaixo, alguns destaques da feira:

Cadeirinha para carro e bike

 

Produto visa passeio confortável e seguro para o pet e o tutor. Foto: Divulgação/Tubline

 

A Tubline, empresa que começou apostando em produtos para a segurança dos bebês antes de migrar para o mercado pet, ganhou destaque no setor ao investir em cadeirinhas para transportar os animais de estimação em carros e bikes.

Segundo Marcus Vinicius Sinhoreto, gerente de marketing da marca, elas proporcionam um passeio mais seguro para o dono e mais agradável para os bichinhos.

São modelos com dois tamanhos – que carregam até 15 quilos, dobráveis e fáceis de transportar.

“Hoje em dia as pessoas querem que os pets acompanhem sua programação e estejam presentes nas atividades cotidianas. Resultado disso é que as nossas vendas em Transpets (cadeirinhas para automóveis) registraram um crescimento de 10 a 15% nos últimos cinco anos. E, em Transbike, (para bicicletas), mais de 100%, estimuladas pela busca por melhor qualidade de vida e pelo incentivo das cidades por meios de locomoção mais ecológicos”, explica.

Além disso, ele também atribui esses números às campanhas para conscientizar a população da necessidade de se cumprir a lei.

É exigido que o animal esteja preso no banco traseiro do carro para impedir que atrapalhe o motorista.

Dessa forma, evitando acidentes. A infração gera pontos na carteira, além de multa.

 

 

Jornal higiênico lavável

 

Jornal lavável promete prolongar a utilização do produto. Foto: Instagram/Bartô

 

Para aqueles que não abrem mão quando o assunto é sustentabilidade e economia, existe o Diário Canino. Desenvolvido pela Bartô, que aparece em destaque com o maior jornal higiênico do mercado. O produto é capaz de ser lavado até 210 vezes, seja manualmente ou na máquina.

“Com duração média de seis meses a um ano, o tapete lavável é uma excelente opção pois gera utgattma economia anual de aproximadamente 80% quando se compara ao uso do descartável, além de produzir menos lixo diário, ajudando na preservação do meio ambiente”, afirma
Fernanda Jaquetto, diretora comercial da marca.

Com 70x100cm, o produto atende cães de médio e grande porte, com peso entre 20kg e 35kg, segundo a executiva.

O produto possui 3 camadas: uma impermeável e antiderrapante, outra absorvente e uma bacteriostática e minimizadora de odores, além de um sistema antivazamento para os machos. Tudo desenvolvido com uma tecnologia exclusiva para auxiliar no dia a dia com o pet.

Colchão ortopédico

Pensando no bem-estar do animal, a 4’Buddies criou um colchão ortopédico, a ser apresentado no evento.

O produto promete melhorar a qualidade do sono do pet e evitar dores comuns quando eles passam muito tempo deitados em colchões muito moles ou muito duros.

Além disso, é indicado aos animais que passaram por lesões ou procedimentos cirúrgicos. Segundo a empresa, é mais reto e firme, mais prático para o animal subir e a espuma ainda protege o pelo.

“Hoje em dia precisamos pensar em tudo quando falamos dos animais”, explica Zeila Ferro, diretora de Atendimento da 4’Buddies.

Ela conta que a ideia foi do filho adolescente. “Ele via o avô muito tempo deitado em colchões assim e pensou se não era o caso de fazer algo semelhante para pets”.

Petiscos vegetarianos

 

Petiscos colocam a alimentação vegetariana para pet como opção. Foto: Instagram/BF Foods

 

A BF Foods, companhia do Rio Grande do Sul, investiu em petiscos vegetarianos para cães em três versões: frutas, vegetais e care energy (de açaí).

Hoje, eles representam 30% das vendas da empresa. “Quem segue esse tipo de dieta, segue por uma filosofia de vida. Então quer dar ao seu pet a mesma opção de alimento”, avalia Claudio Maia, gestor comercial e de marketing da empresa.

Os petiscos são produzidos com farinhas naturais e proteína de soja. “Conseguimos manter o valor nutricional, mas com 0% de carne”, explica.

Além disso, a linha vegetariana é livre de corantes, ideal para cães com alergia ou restrições alimentares. No evento, a empresa lançará um osso 100% vegetal.

Produtos ecologicamente corretos

 

Sustentabilidade é pauta do mercado de cosméticos. Foto: Reprodução/Empório Pet

 

A linha de higiene e bem-estar da Empório Pet, que desde 2005 atua no mercado de embelezamento para animais, traz shampoos, condicionadores, máscaras e fragrâncias com produtos 100% naturais.

“As pessoas buscam esse estilo de vida mais saudável, estão substituindo produtos químicos por ingredientes naturais, não só na comida, mas em tudo o que consomem. E com os produtos de higiene dos pets, não é diferente”, explica a empreendedora.

A inspiração veio da flora brasileira: castanha do pará, capaíba, andiroboa, papaia, pitanga e cacau são alguns ativos usados na criação dos produtos da Empório Pet.

A empresa, que se diz pioneira no setor de cosméticos sustentáveis e ecologicamente corretos para pets, viu o boom deste mercado.

Segundo Angela, nos últimos 5 anos, a procura por produtos ecológicos para animais tem aumentando. Em 2014 e 2015, a empresa dobrou o faturamento.

Desde então, vem mantendo um crescimento constante na casa dos 10% ao ano, isso apesar da crise econômica no país.

“Com o aumento da demanda, agora trabalhamos para que esses produtos ecológicos para pet se tornem cada vez mais acessíveis”, conta a farmacêutica. Afinal, ao que parece, esse é um movimento sem volta.

Granulados higiênicos para cães

Ideal para os donos que querem acabar de uma vez por todas com o uso dos tapetes higiênicos e, dessa forma, poupar o meio ambiente com a economia de plástico, a CarePet lança no Brasil a primeira linha de granulados exclusiva para cachorros.

Um produto patenteado pela própria marca. A linha “Ecologicão” traz para o mercado pet uma opção ecológica para substituir os tapetes.

Capas de chuva e botinhas de silicone

Faça chuva ou faça sol, os cachorros estão bem protegidos com o lançamento da nova linha de produtos da Pratix.

As capas de chuva protegem os cães da água, mas, muito mais do que isso, deixam os cachorros estilosos e modernos.

Já nos dias de sol forte, as botinhas feitas de silicone protegem as patas dos animais do calor do solo sem perder a pompa. Tanto estilo e design diferenciado garantiram à empresa crescimento de 32% no último ano.

Móveis funcionais para gatos

 

Empresa apostou em produtos artesanais para os felinos. Foto: Divulgação/Gattedo

 

A Gattedo está entre as empresas que estreiam na PET South America este ano. Fundada em junho do ano passado, no Rio Grande do Sul, a marca aposta em uma área que, segundo as sócias, precisava de uma atenção especial do setor, focado nos cachorros: o lazer dos felinos.

A startup vende arranhadores, móveis funcionais e playgrounds para gatos. “Vendemos soluções que ajudam a aumentar a qualidade de vida dos gatos, mas também agregam estilo à decoração da casa dos donos”, garante.

“Somos favoráveis à criação indoor dos gatos nas grandes cidades porque sabemos que na rua eles estão sujeitos a doenças, roubo, atropelamento, etc. Mas defendemos que a casa seja ambientada para eles. Para os felinos, afiar as unhas, por exemplo, é relaxante. Então tudo é
desenvolvido para proporcionar isso a eles, um lugar para ficarem, que possam arranhar, brincar, se exercitar”, acrescenta a profissional.

A ideia deu tão certo que hoje ela trabalha apenas por encomenda e faz entregas para todo o Brasil. Além disso, ainda tem a expectativa
de triplicar o faturamento até o fim do ano.

 

Serviço

Data: 21 a 23 de agosto de 2019

Horário: PETSA 13h às 21h / PET VET 10h às 20h

Local: São Paulo Expo (Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 – São Paulo, SP)