Mesmo sem campanha, Guarujá mantém vacinação antirrábica

28 de novembro de 2019

Por:


Prevista para agosto, campanha nacional não aconteceu. Animais podem receber a dose na Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ)


Compartilhe:

Esperada para o mês de agosto, neste ano Guarujá/SP não terá a tradicional Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica.

Mesmo assim, os animais da Cidade que precisam ser imunizados contra a raiva, contam hoje com o serviço de rotina na Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ).

Ela fica na Avenida Adriano Dias dos Santos, 303, no Jardim Boa Esperança, em Vicente de Carvalho.

Podem receber a dose cães e gatos saudáveis, com idade acima dos três meses, e que não façam uso de medicação, mesmo que temporária.

Os donos de animais devem se dirigir à unidade das 8 às 11 horas e das 14 às 16 horas. O telefone de contato é o 3355-6306.

O veterinário responsável pela unidade, Ramiro Dias, reforça algumas recomendações para quem for levar seu animal para vacinar.

“É sempre mais seguro e apropriado que os donos tragam os bichos com focinheiras, em caso de animais bravos. Outra alternativa é utilizar caixas de transporte, que podem ser de papelão ou até carrinhos de feira adaptados, por exemplo.”

Falta de vacinas

Importante ressaltar que, em agosto deste ano, o governo do estado comunicou que não haveria campanha anual antirrábica para cães e gatos, já que o Ministério da Saúde decidiu priorizar locais em situação de risco, em função da doença.

Diante disso, o Município também não recebeu reforço de novas remessas para eventual campanha, somente o volume mensal para o serviço de rotina na UVZ.

A vacina é fornecida pelo Governo Federal aos estados, que repassam aos municípios.

Desde 2006, Guarujá não tem casos confirmados de raiva em animais, e nem há registros da doença em humanos.

No momento, o Município dispõe de estoque de 5.150 doses da vacina, especificamente para o atendimento de rotina realizado ao longo do ano.

Mensalmente, até 350 doses de vacina contra a raiva são encaminhadas ao Município.

Conforme levantamento da Secretaria de Saúde, de 2017 até a primeira quinzena deste mês, Guarujá imunizou 75.360 bichos, entre cães e gatos. Deste total, 72.148 animais compreendem os anos de 2017 e 2018, contra apenas 3.212 relativos a 2019.

Segundo o coordenador da UVZ, José Antonio dos Santos, os números mostram que na campanha é possível abranger um maior número de animais.

“No entanto, isso não inviabiliza o serviço que a Prefeitura mantém, já que disponibilizamos doses na Unidade de Vigilância em Zoonoses. A nossa média é de, aproximadamente, 320 animais vacinados todo mês”.

Além disso, outra informação relevante é que neste ano, a UVZ ganhou espaço próprio.

Antes, funcionava junto ao Serviço de Bem-Estar Animal (Canil Municipal, na Rua Professora Lídia Maria Rêgo Lima); atualmente está na Avenida Adriano Dias dos Santos.

A mudança foi necessária já que a vacinação é uma atribuição da Zoonoses.

Animais imunizados nos últimos dois anos até o momento:

2017

24.514 cães

10.424 gatos

Total: 34.938 (campanha + serviço de rotina)

2018

26.910 cães

10.300 gatos

Total: 37.210 (campanha + serviço de rotina)

2019 (até a primeira quinzena de novembro)

2.076 cães

1.136 gatos

Total: 3.212 (serviço de rotina)