Saiba como controlar a obesidade nos animais de estimação

25 de fevereiro de 2020

Por:


O desbalanceamento nutricional é prejudicial a saúde e ao bem-estar do pet. Confira dicas no artigo do médico veterinário Eduardo Ribeiro Filetti


Compartilhe:

A obesidade é um problema muito comum nos animais de estimação e pode ser definida como um acúmulo excessivo de gordura no organismo. O animal se torna obeso por meio de ingestão acima do normal de calorias, pela vida sedentária ou restrição de exercícios, predisposição genética, alterações endócrinas (ex.: hipofunção de tireoide ou da adrenal), dietas desbalanceadas ou em alguns casos de stress.

Alguns animais obesos tem maior propensão a desenvolverem problemas digestivos, pancreáticos e dermatológicos. A obesidade excessiva pode levar alguns animais a terem problemas cardiovasculares principalmente quando idosos. A obesidade pode ser tanto a causa quanto a consequência de uma longa série de problemas de saúde. A nossa experiência com este tipo de problema revela a necessidade de um exame clínico no animal para determinar a causa desta obesidade. Esta é a única maneira de intervir no processo e tentar ajudar o animal a emagrecer e se tornar mais saudável.

Independente do resultado da avaliação médica o proprietário deverá seguir as dicas abaixo relacionadas para diminuir o peso do seu animal: levar o animal para passear regularmente (verificar se as vacinas estão atualizadas); evite dar remédios sem orientação do profissional médico veterinário (alguns remédios aumentam o apetite e podem piorar o problema do animal); não deixe seu animal por perto durante as refeições da família para que ele não receba alimentação extra inadequada; forneça dieta ou ração balanceada na quantidade suficiente, de acordo com o porte do cão (existem no mercado rações balanceadas com baixas quantidades de carboidratos e de gorduras para animais em regime alimentar); evitar dar doces, massas, frituras, alimentos temperados e gordurosos para o animal. Cães e gatos devem comer dietas corretas. O desbalanceamento nutricional além de poder acarretar obesidade é muito prejudicial a saúde e ao bem-estar do animal.

 

obesidade animal

Foto: Pixabay

Eduardo Ribeiro Filetti é médico veterinário e professor universitário, mestre em Saúde Pública, pós-graduado em Saúde Pública, pós-graduado em Clínica Veterinária, pós-graduado em Cirurgia Médico-veterinária , radialista e apresentador do programa diário Ação e Reação.