SeaWorld San Diego resgata filhote de lontra no Alaska

5 de outubro de 2019

Por:


Animal, com apenas cinco semanas de idade, passa por tratamento especial na Califórnia


Compartilhe:

O SeaWorld San Diego (EUA) resgatou uma lontra marinha fêmea de apenas cinco semanas de vida.

Nomeada como Cinder, o filhote foi encontrado próximo a Homer, no Alaska.

Cinder estava encalhada entre rochas e fortes correntezas, e foi resgatada e levada para a Clínica Veterinária de Homer.

Logo depois, foi transferida para o Centro de Vida Marinha do Alaska (ASLC, sigla em inglês), em Seward, onde chegou desidratada e abaixo do peso ideal.

A bebê lontra aprendeu rapidamente a se alimentar por mamadeira, o que fez com que a sua situação fosse estabilizada em poucos dias.

 

lontra SeaWorld

Filhote foi encontrado órfão no Alaska, e foi levado para tratamento em San Diego, na Califórnia. Foto: Divulgação

Tratamento

O U.S Fish & Wildlife Service, órgão que gerencia os cuidados com a vida marinha nos Estados Unidos, declarou que Cinder não poderia voltar para a natureza.

Sendo assim, o filhote resgatado foi levado ao SeaWorld San Diego, e está sendo cuidado pelo time de resgates e veterinários.

Suas condições de saúde são boas e ela ainda está se adaptado ao seu novo lar.

A dieta consiste basicamente em uma fórmula especial para bebês lontra, e é alimentada a cada três horas.

A equipe de cuidado animal do SeaWorld está agindo como a mãe do filhote, ensinando Cinder a nadar e a ser independente.

Assim, ela permanecerá na enfermaria durante um tempo. Posteriormente, será apresentada às outras quatro lontras fêmea residentes do parque: Mocha, Coco, Clover e Pumpkin.

Estas têm em média de cinco a nove anos de idade, e também foram resgatadas como filhotes órfãos.

As lontras que permanecem sob cuidado humano em áreas de zoológico como o SeaWorld, desempenham um papel fundamental como embaixadores para seus colegas selvagens.

A expectativa é que logo os visitantes do SeaWorld San Diego possam conhecer Cinder.

 

lontra SeaWorld

Posteriormente, bebê lontra deve encontrar os outros resgatados da mesma espécie. Foto: Divulgação

 

Histórico

O SeaWorld San Diego e o Centro de Vida Marinha do Alaska têm uma parceria de longa data.

Eles já trabalharam em conjunto em muitos resgates de animais marinhos e projetos de reabilitação.

Neste ano, o SeaWorld San Diego já socorreu mais de 841 animais marinhos doentes, feridos ou passando por alguma dificuldade.

Foram 167 leões marinhos da Califórnia; 19 elefantes-marinhos-do-norte; oito focas do porto; oito lobos-marinhos; cinco golfinhos; uma tartaruga marinha; e 633 aves marinha.

A instituição, sozinha, já resgatou mais de 20 mil animais durante os últimos 55 anos.

Além disso, todos os parques SeaWorld juntos, somam mais de 35 mil animais resgatados.