Tumores de mama também afetam os animais de estimação

18 de fevereiro de 2020

Por:


Tumores benignos podem se transformar em malignos e gerarem metástases. Saiba mais sobre o assunto no artigo do médico veterinário Eduardo Ribeiro Filetti


Compartilhe:

Tumores de mama são muito comuns em cadelas e gatas, perfazendo um total de 25% de todos os tumores. Podem ser benignos (benign mixed mammary e adenomas) ou malignos (sarcomas e carcinomas). Estatisticamente falando 50% dos tumores de mama nas cadelas são malignos e nas gatas 95% (carcinomas). Porém tumores benignos se não tratados podem se transformar em malignos e até gerarem metástases. Metástase é a capacidade de certos tumores malignos formarem outros tumores em outros locais, carregados pela corrente circulatória. Normalmente essas metástases tumorais afetam a rede linfática das glândulas mamárias, ou seja, novos tumores em outras glândulas mamárias ou ainda a nível pulmonar.

Esses tumores malignos são conhecidos como câncer, cuja palavra vem de caranguejo, pois emite ramos em várias posições diferentes. Tais tumores mamários tem 95% de influência hormonal, acometendo com mais frequência cadelas e gatas que nunca tiveram crias, cadelas com pseudocieses (falsa gestação, gravidez psicológica) ou ainda animais em que já foram administrados hormônios exógenos (hormônios que não são próprios do animal), como por exemplo injeções para bloquear o cio ou comprimidos anticoncepcionais.

O tratamento é cirúrgico com a retirada do tumor e/ou glândula mamária. Animais com mais de 5 anos devem ser submetidos a exame de sangue antes da cirurgia e eletrocardiografia durante a cirurgia. Existe um risco maior se deixarmos o tumor crescer e/ou gerar metástases do que é a cirurgia. Assim que notarmos alguma formação mamária diferente (nódulos, cistos) devemos levar o animal ao Médico Veterinário. Ele é a pessoa mais indicada para orientar o que é melhor para o seu animal.

 

tumores de mama

Fêmeas animais também estão suscetíveis ao câncer de mama. Foto: Pixabay

Eduardo Ribeiro Filetti é médico veterinário e professor universitário, mestre em Saúde Pública , pós-graduado em Saúde Pública, pós-graduado em Clínica Veterinária, pós-graduado em Cirurgia Médico Veterinária, radialista e apresentador do programa diário Ação e Reação